Human brain and colorful question mark
Imprimir

Lições que a vida me ensinou

Aquele texto que você não pode deixar de ler, jamais!

Oi meninas, tudo bem? Hoje eu quero compartilhar com vocês um texto muito interessante da jornalista e escritora Regina Brett. Essa publicação fez e faz sucesso no mundo todo e eu quero também colocar aqui no meu blog porque são lições realmente inspiradoras e para o resto de nossas vidas.

Achei fantástico ela citar pontos até mesmo esquecidos por nós, aqueles detalhes que muitas vezes passa despercebido. Você pode pegar algumas dessas lições e colar em um local que você sempre enxerga, para nunca esquecer. 

Espero que gostem!

50 lições que a vida me ensinou

1. A vida não é justa, mas ainda é boa

2. Quando estiver em dúvida, dê somente, o próximo passo, pequeno.

3. A vida é muita curta para desperdiça-la odiando alguém.

4. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.

5. Pague mensalmente seus cartões de crédito

6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.

7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.

8. É bom ficar bravo com Deus. Ele pode suportar isso.

9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.

10. Quanto a chocolate, é inútil resistir

  1. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.
  1. Não há problemas em deixar suas crianças verem que você chora.
  1. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.
  1. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.
  1. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.
  1. A vida é muito curta para lamentações. Ocupe-se vivendo ou ocupe-se morrendo.
  1. Você pode passar por qualquer situação se você ficar parado hoje.
  1. Um escritor escreve. Se você quiser ser um escritor, escreva.
  1. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.
  1. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.
  1. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chique. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.
  1. Prepare-se muito bem, depois siga com o fluxo.
  1. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.
  1. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
  1. Ninguém é o responsável pela sua felicidade a não ser você..
  1. Enquadre todos os assim chamados “desastres” com estas palavras ‘Em cinco anos, isto importará?’
  1. Sempre escolha a vida.
  1. Perdoe tudo de todos.
  1. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
  1. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo.
  1. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.
  1. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato
  1. Acredite em milagres.
  1. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.
  1. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.
  1. Envelhecer ganha da alternativa — morrer jovem.
  1. Suas crianças têm apenas uma infância. Torne-a memorável
  1. Leia os Salmos. Eles cobrem todas as emoções humanas.
  1. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.
  1. Se todos nós colocássemos nossos problemas juntos em uma pilha e olhássemos os dos outros, nós pegaríamos os nossos de volta.
  1. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.
  1. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.
  1. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou
  1. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa
  1. O melhor ainda está por vir.
  1. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se e apareça.
  1. Respire fundo. Isso acalma a mente.
  1. Se você não pedir, você não consegue.
  1. Produza.
  1. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um

 

publicidade-1
publicidade-2
publicidade-3

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba por e-mail novidades exclusivas da Lia Clerot