Imprimir

Proteja Seu Filho do Bullying – Como Lidar Com os Bullies

Cada vez mais comum nas escolas e nos relacionamentos interpessoais, o Bullying precisa ser tema debatido sempre.

E nessas minhas lidas, encontrei esse texto que alerta que agora esse ato não é só os jovens que sofrem, mas que se tornou ainda mais comuns em crianças de 02 a 6 anos.

Não faz muito tempo, a idéia de que um pré-escolar pode ser um valentão parecia loucura para mim. Mas a minha visão mudou quando meu filho Nicky tinha 4 anos. Um menino em sua classe perseguia meninas ao redor da sala de aula e as beliscava por pura diversão. Ele frequentemente perfurava e batia nas crianças, e uma vez eu o vi chutar uma criança que estava brincando com um brinquedo que ele queria. Os professores passaram muito tempo brigando com esse menino e explicando qual era um comportamento aceitável, mas seus atos ameaçadores continuaram e Nicky aprendeu a ficar longe dele.

Isso foi apenas o começo. No jardim de infância, Nicky encontrou um punhado de crianças que incomodaram a todos durante o recesso. No inverno passado, um colega disse a uma garota que ele queria cortar seu cabelo com uma faca. O vice-diretor marcou reuniões com cada classe onde os professores explicaram que toda criança tem o direito de se sentir seguro na escola.

Estes exemplos podem parecer extremos, mas eles não são. Bullying, é um ato de causar intencionalmente danos a outras pessoas através de assédio verbal (provocações e xingamentos), agressão física (bater, chutar e morder), ou de exclusão social (rejeitando intencionalmente uma criança de um grupo). Costumava ser algo que os pais não precisa se preocupar até que seu filho era um pré-adolescente. Agora está afetando até os estudantes mais jovens. Na verdade, algumas pesquisas mostram que atormentar tornou-se ainda mais comum entre 2 a crianças de 6 anos do que entre os jovens e adolescentes. “Crianças estão imitando o comportamento agressivo que vê em programas de TV, jogos de vídeo, e de irmãos mais velhos”, explica Susan Swearer, Ph.D., co-autora de Bullying Prevenção e Intervenção.

publicidade-1
publicidade-2
publicidade-3

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba por e-mail novidades exclusivas da Lia Clerot