Imprimir

Socializando a Moda

Quantas de vocês já olharam e admiraram a foto de alguém que você gosta e acha bonita nas mídias sociais ou em Revistas, sites, amou o seu look mas ficou com um sentimento ruim, como se aquilo que foi visto você amou e sonhou em ter um dia fosse muito distante. Talvez pelo valor financeiro, ou pelo seu Biotipo.

Bom, tem uma verdade que estar exatamente como elas nunca estaremos, até porque somos seres únicos, e cada uma de nós fomos feitas com nossas características únicas e temos nosso estilo próprio. 

Mas podemos olhá-las e começar a pensar se aquele estilo não serve de referência pra você. Não que você irá gastar uma grana preta nos looks. Até porque o valor gasto por elas é algo irreal pra nós maioria da sociedade brasileira.

IMG-0024

Photo-Jun-27-2-54-38-AM

49cedabdb9141eab3012137cee374a80

 

Mas temos duas opções:

Ficar olhando elas com um enorme sentimento de frustração ou pensar eu posso fazer do meu jeito.

Ir atrás de estilos parecidos, pensar se aquela roupa fica bem em seu corpo, o que você pode tirar como idéia gastando o que você realmente pode e não se endividando pra suprir esse sentimento de imediatismo que nós temos hoje.

O que eu vi preciso ter? Isso não existe, precisamos viver de acordo com nossa realidade. Muitas coisas que olho tenho muita vontade de comprar e usar, algumas consigo outras não é pra mim, ou financeiramente ou até pelo papel que desempenho.

Como mãe, diretora de empresas e pastora não posso me portar como uma adolescente. Um exemplo meu, eu acho vestidinhos curtos lindo! Mais não tem nada a ver com minha idade e os meus papeis. Agora se estou na praia com meu marido e meus filhos e coloco um vestidinho pra ir a praia, ok?! O lugar me permite mas não pra ir a um restaurante ou um jantar.

Enfim o quero compartilhar é… Seja feliz com você mesma! Com suas características que são únicas, usufrua delas, as valorize e lembre que o que vemos na mídias e nas revistas é um mundo colorido, que não é sempre assim…. A vida não é assim!

Certa vez ouvi de um professor da Faculdade:

A vida é como um diamante bruto. Nós seremos lapidados, e vai doer, vamos sofrer, mas também iremos brilhar e fazer muitos dos que estão ao nosso lado felizes.

Todos nós somos seres humanos e termos os nossos momentos de alegrias e tristezas, de crises, e de crescimento, e que Deus está sempre do nosso lado pra nós auxiliar e nos ajudar a encontrar o nosso caminho! Beijo.

publicidade-1
publicidade-2
publicidade-3

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba por e-mail novidades exclusivas da Lia Clerot