Dicas

É preciso aprender a pedir perdão

O ressentimento é um dos maiores inimigos interiores que nós temos

Muitas pessoas acham que nunca vão precisar do outro por isso, conduzem a sua vida como bem entendem, sem dar importância às opiniões e acabam guardando ressentimentos.

O ressentimento é um dos maiores inimigos interiores que nós temos, porque ele pode ser a causa de você estar preso, por isso, o ressentimento é um ponto muito importante a ser resolvido para você avançar. A gente está inserido em uma sociedade onde vivemos de relacionamentos e existem inúmeras pesquisas que mostram que o ser humano não é feliz sozinho. A solidão não traz felicidade. Então, se eu preciso me relacionar, eu preciso aprender a pedir perdão.

Muitas vezes, as pessoas não pensam ou mesmo medem as palavras ao falar com o outro, principalmente com aqueles que mais amam e com isso, acabam ferindo e machucando, logo se faz necessário ter atenção. 

Precisamos aprender a perdoar e também a darmos o perdão porque tudo que se planta, colhe. Quando você libera perdão, você libera o seu coração. Não se sinta menor por ter pedido perdão, mas se sinta honrado.

A sociedade atual é muito imediatista, onde as pessoas querem tudo no seu tempo e quando isso não acontece, acabam ficando ressentidas e muitas vezes, por situações pequenas. José, por exemplo, foi um homem traído, passou por inúmeras decepções, mas sempre liberou perdão, porque ele enxergou naquela situação que o melhor Deus tinha para a sua vida. No livro de Gênesis 45:1 “José sofreu, passou por injustiças, mas conseguiu enxergar a mão de Deus na vida dele”, mas e você, se passasse por tal injustiça, tal circunstância, qual seria a sua atitude? Precisamos começar a pensar que se Deus transformou a vida de José, Ele pode transformar a nossa, mas isso se dará quando você liberar perdão, quando você liberar esse sentimento do seu coração e assim você vai conseguir quebrar as prisões.

Espero que tenham gostado do post de hoje.

Beijos, Lia Clerot.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?